indexer
 
 

Farmacovigilância

Fonte


O que é Farmacovigilância?

A Farmacovigilância trata-se de um sistema que cuida das informações de segurança dos medicamentos comercializados. Tem como objetivo detectar, avaliar, compreender e prevenir eventos adversos a medicamentos.

O que são eventos adversos?

Eventos Adversos (EA) são respostas indesejáveis e não intencionais do uso de um produto, ou seja, episódio clínico que pode se manifestar com o uso de um medicamento, mas que NÃO precisa ter necessariamente, uma relação causal com este tratamento.

O que é reação adversa?

Segundo a Organização Mundial da Saúde, reação adversa é qualquer resposta a um medicamento que seja prejudicial, não intencional e que ocorra em doses normalmente utilizadas no ser humano para profilaxia, diagnóstico, ou tratamento de doença, ou para modificação de uma função fisiológica

Por que fazer Farmacovigilância?

Antes de um produto ser comercializado, avaliações de segurança e eficácia estão limitadas às nossas experiências em estudos clínicos. As condições nas quais os estudos clínicos ocorrem, são cuidadosamente controladas. Essas condições ideais muitas vezes não refletem a maneira na qual o produto é utilizado na prática clínica depois de comercializado. Além disso, há reações adversas consideradas raras, que podem não aparecer durante os estudos. Por esse motivo, é muito importante que a empresa mantenha um sistema de Farmacovigilância bem estruturado, para identificar precocemente possíveis problemas e tomar as medidas necessárias para garantir o alto padrão de segurança e qualidade de nossos produtos aos pacientes.

O que notificar?

EVENTO ADVERSO: Qualquer ocorrência médica desfavorável, que PODE estar relacionada com o medicamento ou NÃO.

REAÇÃO ADVERSA: Qualquer resposta prejudicial ou indesejável, que obrigatoriamente está relacionada a um medicamento /produto.

INEFETIVIDADE TERAPÊUTICA: Ausência ou a redução da resposta terapêutica esperada de um medicamento/produto, sob as condições de uso prescritas ou indicadas em bula. (Falta de Eficácia).

ERRO DE MEDICAÇÃO: Qualquer evento evitável que pode causar ou levar a um uso inapropriado de medicamentos/produto ou causar dano a um paciente, por exemplo: letra ilegível na prescrição, nomes semelhante de medicamentos/produto, distração, uso indevido, etc.

Quem pode notificar?

Consumidor;
Médico;
Enfermeiro;
Farmacêutico;
Dentistas;
Biomédicos;
Fisioterapeuta;
Clientes internos e externos.

Como notificar?

A Glenmark Farmacêutica, preocupada em garantir a segurança de seus produtos, recebe relatos espontâneos de eventos adversos de consumidores e profissionais da saúde. Essas informações são confidenciais e de grande importância para a empresa. A notificação pode ser através do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) pelo telefone 0800 703 01 30 ou e-mail sac@glenmarkpharma.com.

Quanto mais informações forem fornecidas, melhor poderemos avaliar os casos. No entanto, as seguintes informações são essenciais para o relato:

•Identificação do paciente (pelas iniciais, sexo ou idade);
•Identificação do relator (nome completo);
•Produto envolvido;
•Descrição do evento adverso ocorrido.


O sucesso de um sistema de notificação depende da participação ativa de todos para captação de relatos de Eventos Adversos


Atenção, os campos marcados com (*) são de preenchimento obrigatório.

Nome*:
e-Mail*:
UF*: Cidade*:
DDD*: Telefone*:
DDD*: Celular*:
Comentários*:

Aguarde...